• ABPN

Roda de conversa - trajetórias da experiência feminina negra no Brasil

Nesta segunda (21/09) acontece um um papo entre Maria Carolina Bastos e Mireile Silva Martins sobre as trajetórias da experiência feminina negra no Brasil. De acordo com a teórica feminista Patricia Hill Collins (2016), a mulher negra tem sido empurrada por “sua marginalização em ambas as arestas” para a construção de um pensamento feminista negro que possibilita refletir com ampla visão de mundo. Nesse sentido, a posição ocupada pela mulher negra, nomeada por Hill Collins (1986), Outsider within, fará dela um sujeito que pensa a sociedade por meio de uma relação interseccional de raça, classe, gênero e sexualidade. Pois, ao viver à margem, foi possível desenvolver uma visão de mundo a partir dessa localização. Pensando sobre essa subalternização, as pesquisadoras pontuarão nesse debate a necessidade de pensar intersseccionalmente a vivência da mulher negra no Brasil.


Maria Carolina Bastos é mestranda do Programa de Pós-graduação em Estudos Literários, pela Universidade Federal de Uberlândia. Além disso, é pesquisadora associada à ABPN (Associação brasileira de pesquisadores Negros) e integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Poéticas Latinoamericanas e Afrodiaspóricas (YaALODÊ-Geplafro/UFU/ Cnpq) .


Mireile Silva Martins é formada em Serviço Social, pela Universidade Federal de Uberlândia, é ativista do movimento LGBTQIA+ e do Feminismo Negro. Além disso, também é associada à ABPN, integrante do YALODÊ-Geplafro/UFU/Cnpq e do Observatório de Racialidade e Interseccionalidade ORI/UFBA.


Não perca!!!!


5 visualizações

Contato

WhatsApp: (34) 92000-8172

Email: contatoabpn@gmail.com

logo padrão (PRETA) (1).png

Endereço

Casa de Cultura Graça de Axé, localizado na Avenida Cesário Crescerá, 4187 - Bairro Pres. Rossevelt, 38401-119 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

  • Facebook
  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza

© 2023 por Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as. Criado com Wix.com

Site produzido por 

Matheus Borsato