• ABPN

Para que serve o dia/mês da consciência negra?

Entre outros efeitos, o dia/mês da consciência negra é um momento nacional de reflexão sobre a necessidade da permanente, constante e contínua discussão da formação social brasileira e as relações de poder que colocou à margem parte da população brasileira, em situação vulnerabilidade e insegurança. Para além disso, este dia/mês nos convoca a pensar ações de forma mais intensa que instituam políticas de reconhecimento, reparação e valorização dos afrodiaspóricos no Brasil durante 365 dias. Ou seja, o dia 20 de novembro não pode ser visto com fim em si, mais um dia de planejamento que pode ser reorientado a qualquer momento para o melhor combate ao racismo estrutural e construção de políticas antirracistas nas instituições públicas e privadas do país.


A escolha do dia 20 de novembro, como Dia Nacional da Consciência Negra não foi aleatória, ela busca reteritorializar o imaginário e a narrativas sobre a história da população negra no Brasil. Ao requere o 20 de novembro que é a data de morte de Zumbi dos Palmares em 1695, como dia da Consciência Negra o movimento buscou demarcar a resistência e persistência negra por existir no Brasil. Zumbi foi o maior líder do Quilombo dos Palmares que foi um do maiores e mais duradouro dos quilombos registrados pelos estudos historiográficos. Estima-se que a sua formação tenha durado cerca de 100 anos e abrigado entre 20 mil e 30 mil habitantes. A localização territorial do Quilombo dos Palmares era na região da Serra da Barriga, atual estado de Alagoas.


303 visualizações0 comentário