• ABPN

MINI CURSO



ATIVIDADE: MINI CURSO "POLÍTICA AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: COMISSÃO DE HETEROIDENTIFICAÇÃO COMO INSTRUMENTO DE GARANTIA DE DIREITOS”


PLATAFORMA: Google Meet


DATA: 08, 09, 10 e 11 de novembro de 2021


INSCRIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO: As inscrições para participação do MINI CURSO "POLÍTICA AFIRMATIVA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: COMISSÃO DE HETEROIDENTIFICAÇÃO COMO INSTRUMENTO DE GARANTIA DE DIREITOS” são gratuitas e poderão ser feitas acessando a página do SemiEdu (Eventos paralelos) e clicando no link: encurtador.com.br/oqrKN

SOBRE O EVENTO: Minicurso "Política Afirmativa na Educação Superior: Comissão de Heteroidentificação como instrumento de Garantia de Direitos” será realizado como uma atividade na “XV Jornada Desigualdades Raciais na Educação Brasileira”, sendo elaborado pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação - NEPRE e ocorre paralelamente ao Seminário de Educação (Semiedu 2021).


Minicurso visa discutir sobre a história, o processo de implementação e a organização das Comissões de Heteroidentificação nas Instituições e Universidades Federais do Brasil. a partir da temática apresentada e discutida possibilitará aos participantes ter uma compreensão mais aprofundada e referenciada sobre as questões que envolvem o trabalho realizado no âmbito das Comissões.


EMENTA: Das políticas afirmativas às relações étnico-raciais - pressupostos básicos e contextualização: Das cotas raciais à promoção da equidade; Dos mecanismos complementares à autodeclaração: fundamentos da heteroidentificação; Dos procedimentos de heteroidentificação à reafirmação identitária - ingresso, permanência e denúncias; A importância do sistema judiciário para o acompanhamento das políticas afirmativas.


Procedimentos teóricos e metodológicos das Bancas de Verificação Fenotípica da UEMS: Processo Histórico das Bancas na UEMS. Critérios Fenotípicos. Banca de Verificação Fenotípica: Finalidade e Objetivos. Arcabouço Normativo. Experiência do Curso de Formação de Membros para Bancas. Composição e Procedimento das Bancas.


Histórico cotas raciais no IFMT; Comissão heteroidentificação - concursos para servidores; Resolução 022/2021 - Regulamento para as Bancas de Heteroidentificação dos Processos Seletivos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso; compromissos com as políticas de ação afirmativa – instrumento cotas raciais - combate às fraudes; importância das cotas raciais para a equivalência sociorracial na sociedade brasileira.


PÚBLICO ALVO: Evento aberto a comunidade geral, pesquisadoras e pesquisadores, profissionais da educação, estudantes de pós-graduação e de graduação, militantes de movimentos sociais e do movimento social negro.


SOBRE O NEPRE: O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (Nepre), realizador da Jornada Desigualdades Raciais na Educação Brasileira, foi fundado no ano 2001. Tem como objetivos principais: realizar ações pedagógicas de extensão, estudos e pesquisas sobre a dimensão racial do fenômeno educativo, paralelamente à disseminação dos conhecimentos sobre o tema; nuclear pesquisadores, estudantes e interessados no tema das Relações Raciais e Educação, no que se refere a negros e afrodescendentes; divulgar os conhecimentos sobre relações raciais e educação junto à população em geral e, em especial, aos profissionais da educação; promover eventos, tais como palestras, mesas-redondas, jornadas, encontros, seminários, etc. e produzir publicações sobre o tema.


Contatos:

E-mail: jornadanepre.ufmt@gmail.com


42 visualizações0 comentário