• ABPN

CEPERJ lança curso EAD para capacitar servidores públicos para o teletrabalho

Formato é inédito no estado e já está disponível gratuitamente. 


Diante do complicado cenário provocado pela pandemia do coronavírus, a Fundação CEPERJ, através de sua Escola de Gestão e Políticas Públicas – EGPP, vem buscando maneiras de continuar desenvolvendo seus projetos e apoiando o Governo do Estado na superação das dificuldades.

Foi a partir das novas demandas que a equipe da EGPP desenvolveu o Curso Introdutório ao Teletrabalho e Ensino à Distância. Composto por dois módulos, o curso inclui em seu conteúdo dicas, ferramentas de teletrabalho, informações sobre segurança online e tópicos como entregas e metas. O objetivo é oferecer aos servidores públicos experiências, informações práticas e possibilidades de se prepararem para manter a qualidade do trabalho, agora desenvolvido remotamente.

O diretor da Escola de Gestão e Políticas Públicas, Leonardo Mazzurana, explica que o produto é uma novidade no estado e que a equipe trabalhou intensamente para oferecer um formato de fácil acesso e gratuito. O curso inclui, ainda, um fórum onde os alunos poderão trocar dúvidas e informações. A capacitação estará disponível ainda essa semana, no site da Fundação CEPERJ. A previsão é de que a plataforma entre no ar, na próxima quarta-feira, dia 8.

“Esse curso é uma novidade por ter sido desenvolvido especialmente para o momento que nosso estado está vivenciando. Nosso objetivo é oferecer ferramentas que ajudem os servidores neste momento de mudanças. Já existem muitos cursos online, mas nenhum com a proposta de facilitar o entendimento desta nova modalidade de trabalho alinhado com as demandas específicas de nosso estado. É preciso que todos consigam manter a qualidade de suas atividades ainda que tenhamos que lidar com a distância e as adversidades”, destaca Mazzurana.

O teletrabalho já é uma realidade em todo o mundo. Segundo pesquisa da consultoria inglesa Hays, mundialmente esse número cresceu de 35% para 51% entre 2017 e 2018. E o Brasil não está fora desse movimento. Cerca de 36,5% das empresas brasileiras contam com a política de trabalho remoto. Em meio a pandemia este número cresceu de forma acelerada, por conta da necessidade do distanciamento social.

Ainda que a tecnologia facilite em muitos aspectos, por outro lado podem surgir dúvidas em relação a qualidade do trabalho e os procedimentos a serem seguidos. Para o diretor da EGPP, em um momento de instabilidade, como esse que estamos vivendo, precisamos ser flexíveis com as estruturas e modelos corporativos, mas, ao mesmo tempo, oferecer condições para que a eficiência e os procedimentos continuem fazendo parte da rotina.

Não basta adotar novas medidas. É necessário que o processo de análise, reorganização e tomada de decisão acompanhe o novo ritmo. E é aí que entra a importância de se qualificar para esta nova modalidade”, conclui. 

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O CURSO GRATUITO "INTRODUTÓRIO AO TELETRABALHO E ENSINO À DISTÂNCIA" 


12 visualizações

Contato

WhatsApp: (34) 92000-8172

Email: contatoabpn@gmail.com

logo padrão (PRETA) (1).png

Endereço

Casa de Cultura Graça de Axé, localizado na Avenida Cesário Crescerá, 4187 - Bairro Pres. Rossevelt, 38401-119 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

  • Facebook
  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza

© 2023 por Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as. Criado com Wix.com

Site produzido por 

Matheus Borsato