• ABPN

Aluna do Afrocientista é aprovada em 4 universidades

"O Afrocientista foi um projeto de extrema importância para a ampliação da minha visão de carreira acadêmica." Diz Clarissa Alves, recém matriculada no curso de farmácia da Universidade Federal de Goiás.

Antes do projeto, a aluna revela que teve uma certa apreensão sobre o ensino superior, principalmente sobre a entrada e permanência na graduação, e o projeto foi muito importante pois apresentou a Universidade e o mundo acadêmico de uma maneira muito mais inclusiva, mostrando a pluralidade de pessoas e pensamentos existentes dentro das instituições. Ela ainda destaca que: "O Afrocientista é um dos grandes responsáveis por me fazer querer prosseguir na carreira acadêmica, sempre tive muito medo do trabalho de conclusão de curso e sempre me julguei uma pessoa incapaz de sequer começar um e sendo assim incapaz de fazer uma graduação, mas agora já estou com planos para além da graduação fazer uma pós e chegar, quem sabe, a livre docência."


No que diz respeito aos processos seletivos, Clarissa foi aprovada no Vestibular Social da Puc - GO (Letras - Licenciatura), Vestibular do Instituto Federal de Goiás (Física- Licenciatura e Engenharia Ambiental), Vestibular da Universidade Estadual de Goiás (Design de Moda) e pelo Sisu na Universidade Federal de Goiás no curso de Farmácia no qual está matriculada.

69 visualizações0 comentário