• ABPN

7ª aula do curso - Afrocuiridades: pensando gênero e sexualidade nas Améfricas

Atualizado: Set 3

Prezadas, prezados e prezades


A Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as (ABPN) em parceria com o projeto Explore new frontiers oferecido pelo Centro de Estudos Latino-americanos da Universidade da Flórida, tem o prazer de anunciar que amanhã (03/09) às 15:00, teremos mais um encontro do Curso - Afrocuiridades: pensando gênero e sexualidade nas Améfricas (Curing Black Gender and sexualities in the American). Nesta aula vamos trabalhar o tema “Repensando masculinidades negras” com os convidados:


MC Tiely - Tiely é multi-artista e cria da Zona Leste de São Paulo, considerado o primeiro HomemTrans do rap nacional e vem desde o início da sua carreira em 1989 colecionando atuações importantes nas artes em geral. De cineasta a rapper, de escritor a historiador, até jogador futebolístico da várzea, tudo vem somando à sua trajetória de maneira intensa, responsável pela publicação de artigos, romances e poesias em blogs, sites, coletâneas e publicações acadêmicas. Em sua atuação em projetos culturais, sociais e esportivos, busca sempre pautar as violências contra LGBTQIA+s, mulheres, direitos, gênero e cultura. Atualmente, coordena o Ponto de Cultura Hip Hop Mulher, em 2019 apresentou o Programa de rádio Soul Hip Hop e vem produzindo novos trabalhos musicais ao tempo em que amplia suas pautas de luta em seus projetos, firmando parcerias, trazendo ainda mais relevância e legitimidade na busca por respeito às diferenças e visibilidade .


Kai M. Green - Green é professor assistente de estudos femininos, de gênero e sexualidade na faculdade Williams. Poeta, cineasta e um estudioso interdisciplinar que explora questões da agência sexual e de gênero negra, saúde, criatividade e resiliência no contexto do estado e da violência social. Ele emprega a teoria feminista negra, crítica queer of color, teoria crítica da raça, estudos de performance, estudos de mídia e estudos trans para investigar formas de auto-representação e mobilização política comunitária por pessoas LGBT negras no contexto urbano. Eles obtiveram seu Ph.D. do Departamento de Estudos Americanos e Etnia com especialização em Estudos de Gênero e Antropologia Visual na University of Southern California.


Jillian Hernandez - Acadêmica, educadora de artes comunitárias, curadora e criativa. Seu trabalho é inspirado pela vida e imaginação Black e Latinx, e é investido no desafio de como os corpos da classe trabalhadora, sexualidades e práticas culturais são policiados por meio de tropos de gênero de desvios e respeitabilidade. Ela estuda negritude e latinidad como formações relacionais e atende à dinâmica política, cultural e comunitária da produção estética. A Dra. Hernandez é professora assistente no Centro de Pesquisa de Gênero, Sexualidades e Estudos da Mulher da Universidade da Flórida.


Participe!


Link para a 7ª aula https://us02web.zoom.us/j/5605502180


Contatos Email: contatoabpn@gmail.com Whatsapp: +55 34 92000-8172 Insta: @contatoabpnbr Insta: @contatoabpn





14 visualizações

Contato

WhatsApp: (34) 92000-8172

Email: contatoabpn@gmail.com

logo padrão (PRETA) (1).png

Endereço

Casa de Cultura Graça de Axé, localizado na Avenida Cesário Crescerá, 4187 - Bairro Pres. Rossevelt, 38401-119 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

  • Facebook
  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza

© 2023 por Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as. Criado com Wix.com

Site produzido por 

Matheus Borsato