• ABPN

1ª reunião com o Sindicato de Saúde sobre o projeto Direitos Humanos e a Saúde do/a Trabalhador/a

A reunião aconteceu em São Paulo, nesta terça feira (20 de janeiro) no Centro de Vigilância Sanitária, com o apoio da ABPN

Durante a reunião os presentes: Rubens, Deuvana, Iramir, Eli Teodoro, Marcelo Pustiglione e Ivair Augusto Alves dos Santos discutiram pautas sobre a formação e Realização de palestras semanais no Quadrilátero.


Vivemos um período em que os/as servidores/as públicos sofrem ataques sistemáticos e agora estão sobre a ameaça de uma reforma administrativa, que se propôs a retirar direitos duramente conquistados, em função da jornada de trabalho, da falta de perspectiva de ascensão e do salários baixos. Muitos/as desses/as trabalhadores/as do serviço público do setor da saúde, querem voltar a estudar, querem realizar pesquisas e intervenção no seu setor de trabalho.


O Sindicato dos/as trabalhadores/as da Saúde do Estado de São Paulo, solicitou um apoio técnico da Associação Brasileira de pesquisadores Negros (ABPN). O trabalho será realizado no histórico Quadrilátero da Saúde pública de São Paulo. O Quadrilátero da Saúde em Pinheiros é um significativo conjunto de equipamentos públicos dedicados à saúde desde o final do século XIX. É delimitado pelas ruas Teodoro Sampaio, Oscar Freire e as Avenidas Rebouças e Doutor Arnaldo e formado por um conjunto de edificações vinculadas à saúde pública brasileira.


Em 2007, este conjunto foi reconhecido como possuidor de valor cultural e importante para a história do estado de São Paulo. Tal denominação foi criada para estudo de tombamento da área que abriga a Faculdade de Medicina, a Escola de Enfermagem, a Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, o edifício central, o Instituto Central, o Instituto de Ortopedia do Hospital das Clínicas, Instituto Oscar Freire, edifício central do Instituto Adolfo Lutz, o edifício que abriga o Centro de Saúde Geraldo Horácio de Paula Souza e os remanescentes do Antigo Hospital de Isolamento, hoje pavilhões que abrigam a Biblioteca Central do Instituto Adolfo Lutz e administração (Casa Rosada) e biblioteca do Instituto Emílio Ribas. Neste espaço histórico a ABPN estará atuando junto com o SinSaude de São Paulo.


0 visualização

Contato

WhatsApp: (34) 92000-8172

Email: contatoabpn@gmail.com

logo padrão (PRETA) (1).png

Endereço

Casa de Cultura Graça de Axé, localizado na Avenida Cesário Crescerá, 4187 - Bairro Pres. Rossevelt, 38401-119 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil

  • Facebook
  • Instagram - Cinza Círculo
  • LinkedIn - círculo cinza

© 2023 por Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as. Criado com Wix.com

Site produzido por 

Matheus Borsato