ÁREA DO ASSOCIADO

Área do Associado

A Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as - ABPN é uma associação civil, sem fins lucrativos, filantrópica, assistencial, cultural, científica e independente, tendo por finalidade o ensino, pesquisa e extensão acadêmico-científica sobre temas de interesse das populações negras do Brasil.

WhatsApp Image 2019-10-31 at 19.08.45.jp

Prezadas/os Leitoras/es,

 

Apresentamos com honra e entusiasmo a quinta edição especial da Revista da ABPN, composta pelo Caderno Temático: “Cultura Popular em Cena: Artes Afro diaspóricas, organizado pelo Prof. Dr. Renato Mendonça Barreto da Silva – UFRJ.

 

O Caderno Temático é composto por 10 artigos, e tem como objetivo destacar investigações no campo artístico que valorizem as produções dos saberes historicamente marginalizados, também compreendidos como culturas populares. O saber afro diaspórico referendado no corpo, é o campo das diferentes formas da arte como expressão, seja na pintura, construção de objetos, na teatralidade e na dança. O povo negro sempre exemplificou na prática das festas, habilidades para aglutinar conhecimentos e manifestar formas de enfrentamento das mazelas sociais vigentes. Sendo assim, este caderno receberá artigos que dialoguem com os aspectos plurais do fazer artístico e considerem a interculturalidade e interdisciplinaridade como pontes para evidenciar os saberes de matriz negra na contemporaneidade.

 

Agradecemos aos/as colaboradores/as, pareceristas, autores/as, tradutores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a publicação desta edição especial, como também a cada pesquisador/a. Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

 

Modupé!
Comitê Editorial
Anna M. Canavarro Benite (UFG)
Cintia Camargo Vianna (UFU)
Mércia Otaviana Barbosa de Sá Figueiredo (UESB)
José Antonio Novaes da Silva (UFPB)

cover_issue_33_pt_BR.jpg

Prezadas/os Leitoras/es,

Apresentamos o novo número da Revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as), em sua vigésima nona edição, composta por 9 artigos do Dossiê Temático "A importância das Comissões de Heteroidentificação para a garantia das Ações Afirmativas destinadas aos Negros e Negras nas Universidades Públicas Brasileiras" organizado pela Profa. Dra. Eugenia Portela de Siqueira Marques (UFMS), bem como 3 artigos e 2 resenhas de temáticas diversas de interesse das populações negras no Brasil.

O dossiê apresenta algumas experiências adotadas pelas comissões de heteroidentificação das universidades públicas brasileiras. Foi proposto pelo Grupo de Trabalho em Educação e Relações Étnico-Raciais (GT 21- Gestão 2017-2019), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED). A maioria dos autores são pesquisadores e membros do GT21 e da ABPN (Associação Brasileira de Pesquisadores Negros) que participaram do I Seminário sobre as Políticas de Ações Afirmativas nas Universidades Brasileiras e a atuação das comissões verificadoras de autodeclaração na graduação das IES pública e a I Oficina de capacitação sobre a temática da promoção da igualdade racial e do enfrentamento ao racismo para docentes, servidores administrativos e membros de comissões/bancas verificadoras de autodeclaração em atendimento a nova Orientação Normativa n. 04 de 06 de abril de 2018, para a atuação em concursos públicos no período de 20/08 a 31/09 de 2018, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, em Campo Grande - MS.

Agradecemos aos/as colaboradores/as, pareceristas, autores/as, tradutores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a publicação desta edição especial, como também a cada pesquisador/a.

Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

Modupé!

Comitê Editorial
Anna M. Canavarro Benite (UFG)
Cintia Camargo Vianna (UFU)
Mércia Otaviana Barbosa de Sá Figueiredo (FAVENORTE)
José Antonio Novaes da Silva (UFPB)
 

cover_issue_32_pt_BR.jpg

Prezadas/os Leitoras/es,

Apresentamos o novo número da Revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as), em sua vigésima oitava edição, composta por 10 artigos do Dossiê Temático "Religiosidades e espiritualidades africanas e afro-brasileiras e as lutas cotidianas contra o racismo e a intolerância religiosa” organizado pelo Prof. Dr Babalawô Ivanir dos Santos (UFRJ), bem como 6 artigos livres e 1 ensaio de temáticas diversas de interesse das populações negras no Brasil.

A finalidade do dossiê é dar visibilidade a discussões acadêmico-científicas que remetem à estudos que reconheçam as experiências religiosas como práticas políticas, e igualmente compreendem a intolerância religiosa enquanto um processo que constitui um desafio contínuo à garantia do direito de ser e a dignidade.

Agradecemos aos/as colaboradores/as, pareceristas, autores/as, tradutores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a publicação desta edição especial, como também a cada pesquisador/a. Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

Modupé!

Comitê Editorial
Anna M. Canavarro Benite (UFG)
Cintia Camargo Vianna (UFU)
Mércia Otaviana Barbosa de Sá Figueiredo (FAVENORTE)
José Antonio Novaes da Silva (UFPB)

cover_issue_31_pt_BR.jpg

Prezadas/os Leitoras/es,

 

Apresentamos com honra e entusiasmo a quarta edição especial da Revista da ABPN, composta pelo Caderno Temático: Raça Negra e Educação 30 anos depois: e agora, do que mais precisamos falar?, organizado pelas/os pesquisadoras/es Profa. Dra. Anna M. Canavarro Benite (UFG), Profa. Dra. Amélia Artes (FCC), Prof. Dr. Cleber Santos Vieira (UNIFESP), Prof. Dr. Ivair Augusto Alves dos Santos (UnB), Prof. Dr. João do Prado Ferraz de Carvalho(UNIFESP), Profa. Dra. Nicea Quintino Amauro (UFU), Profa. Dra. Rachel Oliveira (UESC), Profa. Dra. Sandra Unbehaum (FCC).

 

O Caderno Temático composto por 15 artigos, é resultado dos debates fomentados durante o Seminário “Raça Negra e Educação 30 anos depois: e agora, do que mais precisamos falar?” organizado pela Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as - ABPN, Fundação Carlos Chagas - FCC e o Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros na Universidade Federal de São Paulo (NEAB-Unifesp).

 

O evento ocorreu entre os dias 22 a 24 de agosto de 2017, no Auditório Marcos Lindenberg da Unifesp - Campus São Paulo e foi dedicado ao resgate das temáticas publicadas na Revista Cadernos de Pesquisa n. 63 “Raça Negra e Educação” que completa, em 2017, 30 anos: https://www.fcc.org.br/fcc/wp-content/uploads/2019/04/Caderno-de-Pesquisa-63_menor.pdf onde reuniu a geração propositora dos textos de 1987 de atores e atoras que na atualidade discutem as temáticas das ainda persistentes desigualdades educacionais para negras e negros no país.

 

A publicação dos Cadernos Temáticos pela Revista da ABPN busca promover ações multidisciplinares e/ou interdisciplinares na formação de pesquisadores e na produção de conhecimento, assim como incentivar a colaboração entre pesquisadores de diferentes áreas com vistas a realização de trabalhos e formação que considere as pluriepistemias e incentive o diálogo com os saberes tradicionais.

 

Agradecemos aos/as colaboradores/as, pareceristas, autores/as, tradutores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a publicação desta edição especial, como também a cada pesquisador/a. Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

 

Modupé!

 

Comitê Editorial

Anna M. Canavarro Benite (UFG)

Cintia Camargo Vianna (UFU)

Mércia Otaviana Barbosa de Sá Figueiredo

(UESB) José Antonio Novaes da Silva

Prezadas/os Leitoras/es,

Apresentamos o novo número da Revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as, que pauta suas produções pela qualidade das publicações, que têm como foco, a promoção dos Direitos Humanos da população negra na América Latina e Caribe. Os textos aqui apresentados, nesta vigésima sétima edição, contemplam as áreas de história, sociologia, educação e artes em suas diferentes abordagens e múltiplas inter-relações. E contém uma contribuição mais ampliada com artigos que se debruçam em análises e intervenções sobre as desigualdades no plano da arte, visto que é composta pelo Dossiê Temático “Artes Negras” organizado pela profa. Dra. Nelma Cristina Silva Barbosa de Mattos (IF-Baiano).

Este Dossiê Temático reúne trabalhos de jovens pesquisadores, militantes e artistas de origem negra que propõem questões acerca da criação, da poética, da circulação e da interpretação da obra de arte dessa parcela de artistas historicamente negados e desprestigiados. As pesquisas demonstram que na música, no audiovisual, nas artes visuais, no teatro ou na dança, a identidade negra torna-se elemento emblemático na produção artística contemporânea.

Confira a nova edição: http://abpnrevista.org.br/revista/index.php/revistaabpn1/issue/view/30

Agradecemos aos organizadores, pareceristas, autores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a vigésima sétima publicação da revista da ABPN, como também a cada pesquisador/a.

Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

Modupé!

Comitê Editorial
Anna M. Canavarro Benite (UFG)
Cintia Camargo Vianna (UFU)
Mércia Otaviana Barbosa de Sá Figueiredo (UESB)
José Antonio Novaes da Silva (UFPB)

 

cover_issue_30_pt_BR.jpg
ABPN.PNG

Prezados/as Associados/as 
 
Temos o prazer de lançar nosso terceiro boletim da ABPN, enquanto Gestão Dandaras 2016-2018, com informes de nossas atividades realizadas nos meses de setembro e outubro de 2018. 
 
Nosso objetivo, com o retorno dos boletins, é divulgar as nossas associadas e nossos associados as ações que viemos desenvolvendo e concretizando ao longo desses quase dois anos de gestão. Nossa pretensão é lançá-lo com periodicidade bimestral, como meio de aproximar a ABPN e seus sócios e sócias! 
 
Aproveitamos para lembra-los/as de visitar a página da ABPN e o site da Revista da ABPN. Acompanhe as notícias no site oficial da ABPN que pode ser acessado pelo link https://www.abpn.org.br/ e também convidamos a acessar o site da Revista da ABPN pelo sitio http://abpnrevista.org.br/ revista/index.php/revistaabpn1/index. 

Prezadas/os Leitoras/es,

Apresentamos o novo número da Revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as), que pauta suas produções pela qualidade das publicações que têm como foco a promoção dos Direitos Humanos da população negra na América Latina e Caribe. Os textos aqui apresentados nesta vigésima sexta edição contemplam as áreas de história, sociologia, educação e artes em suas diferentes abordagens e múltiplas inter-relações. E tem uma contribuição mais ampliada com artigos e ensaios de eminentes pesquisadores/as e intelectuais latino-americanos focados na discussão sobre a diáspora africana, suas consequências e efeitos na formação do continente, composta pelo Dossiê Temático “Diáspora Africana: ações presentes e perspectivas para o futuro" organizado pelos/as professores/as Dra. Anny Ocoro Loango (UNTREFF), Dr. Marcos de Jesus Oliveira (UNILA),
Prof. Dr. Roberto Carlos da Silva Borges (CEFET/RJ).

Embora diversos/as intelectuais e pesquisadores/as latino-americanos/as e caribenhos/as tenham produzido uma significativa e importante literatura sobre as populações, povos e comunidades negras e afrodescendentes neste continente, é notória a ausência de um debate articulado, contínuo e permanente a esse respeito entre e desde as diferentes perspectivas produzidas pelos inúmeros países latino-americanos. Assim, a revista Diáspora Africana da Associação de Investigadores/as Afro-latino-americanos/as e do Caribe (AINALC) assume, desde este primeiro número, lançado em parceria com a revista da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN), o desafio que é e que será o de fomentar uma maior aproximação da produção teórica destes diversos países sobre a temática negra e afrodescendente.

Agradecemos aos organizadores, pareceristas, autores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a vigésima sexta publicação da revista da ABPN, como também a cada pesquisador/a. Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!
Modupé!

Comitê Editorial 
Nicéa Quintino Amauro (UFU) 
Luciana de Oliveira Dias (UFG)
Paulo Vinicius Baptista da Silva (UFPR)

cover_issue_29_pt_BR.jpg
Capturar.PNG

Prezados/as Associados/as

 

Temos o prazer de lançar nosso segundo boletim da ABPN, enquanto Gestão Dandaras 2016-2018, com informes de nossas atividades realizadas nos meses de julho e agosto de 2018.

Nosso objetivo, com o retorno dos boletins, é divulgar as nossas associadas e nossos associados as ações que viemos desenvolvendo e concretizando ao longo desses quase dois anos de gestão. Nossa pretensão é lançá-lo com periodicidade mensal, como meio de auxiliar-nos nesta demanda de aproximação entre a ABPN e seus sócios e sócias!

 

Aproveitamos para lembra-los/as, que estamos próximo da realização do X COPENE (Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as). Acompanhe os prazos e notícias no site oficial do evento

(https://www.copene2018.eventos.dype.com.br/), organize-se e participe!

Segue o linlk de acesso: http://online.anyflip.com/ewxk/ljnh/

NORMATIVAS.PNG

Este documento objetiva estabelecer orientações gerais e normativas para a realização de Congressos da Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) (Copenes) e demais eventos promovidos pela ABPN e pelo Consórcio Nacional de Núcleos de Estudos Afrobrasileiros (Coneabs).

DIA 16 DE OUTUBRO DE 2018, COM PRIMEIRA CHAMADA ÀS 17H E SEGUNDA CHAMADA ÀS 17:30HS

 

Na qualidade de Presidenta da Diretoria Provisória da AINALC - Associação de Investigadores/as Afrolatinoamericanos/as e Caribenhos/as, convoco os/as associados/as para participarem da Assembleia Geral Ordinária a ser realizada no dia 16/10/2018, com primeira convocação às 17hs, e segunda convocação às 17:30, nas dependências da Universidade Federal de Uberlândia, UFU, no âmbito do X Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as, com a seguinte ordem do dia:

 

1. Homologação da Diretoria Provisória da AINALC eleita em janeiro de 2017;

2. Aprovação dos Estatutos;

3. Eleição da Diretoria – 2018 -2020;

4. Eleição do Conselho Fiscal – 2018 – 2020;

5. Assuntos Gerais

 

Buenos Aires, 14 de Agosto de 2018.

Anny Ocoró Loango

Presidente - AINALC

1.PNG

Prezados/as Associados/as

 

Temos o prazer de lançar nosso primeiro boletim da ABPN, enquanto Gestão Dandaras 2016-2018, com informes de nossas atividades realizadas nos meses de maio e junho de 2018.

Nosso objetivo, com o retorno dos boletins, é divulgar as nossas associadas e nossos associados as ações que viemos desenvolvendo e concretizando ao longo desses quase dois anos de gestão. Nossa pretensão é lançá-lo com periodicidade mensal, como meio de auxiliar-nos nesta demanda de aproximação entre a ABPN e seus sócios e sócias!

 

Aproveitamos para lembra-los/as, que estamos próximo da realização do X COPENE (Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negros/as). Acompanhe os prazos e notícias no site oficial do evento

(https://www.copene2018.eventos.dype.com.br/), organize-se e participe!

Segue o linlk de acesso: http://online.anyflip.com/mgere/efcl/mobile/index.html#p=1

Prezadas/os Leitoras/es,

 

Apresentamos o novo número da Revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as), que pauta suas produções pela qualidade das publicações que têm como foco a promoção dos Direitos Humanos da população negra na América Latina e Caribe. Os textos aqui apresentados nesta vigésima quinta edição contemplam as áreas de história, sociologia, educação e artes em suas diferentes abordagens e múltiplas inter-relações. E tem uma contribuição mais ampliada para as áreas de história e de sociologia, visto que é composta pelo Dossiê Temático “Negros e negras, Séculos XIX-XXI: desafios, projetos e memórias” organizado pelo prof. Dr Flávio Gomes (UFRJ) e Prof. Dr. Petrônio Domingues (UFS).

 

O Dossiê Temático apresenta aos(às) leitores(as) as trajetórias de Passos e Silva, André Rebouças, Neninho de Obaluaê, Eduardo de Oliveira e Oliveira, Alberto Guerreiro Ramos, Beatriz Nascimento, Tito Lívio de Castro, Carolina Maria de Jesus, José Carlos do Patrocínio, e Laudelina de Campos Mello. Além de textos que trata sobre o projeto de Brasil elaborado por pensadores negros Pós-abolição, a insurgência e o deslocamento dos intelectuais negros e negras nos movimentos sociais na universidade, a experiência das mulheres negras para a construção de uma episteme negra e feminista no Brasil. E evidenciando, outras formas de pesquisa e construção de saberes os coordenadores deste dossiê também trazem a transcrição da entrevista com intelectuais negros e negras formados pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), entre as décadas de 80, 90 e início do século XXI.

 

Agradecemos aos organizadores, pareceristas, autores/as, editores/as, secretaria, conselho editorial, conselho consultivo, diretoria e demais membros da equipe e parceiros/as, que possibilitaram a vigésima quinta publicação da revista da ABPN, como também a cada pesquisador/a. Nossos sinceros agradecimentos a todas e a todos que contribuem a Revista da ABPN!

 

Modupé!

Comitê Editorial

Nicéa Quintino Amauro (UFU)

Luciana de Oliveira Dias (UFG)

Paulo Vinicius Baptista da Silva (UFPR)

Informe e Convocatória Amigo da Corte (Amicus Curiae)

Prezados(as) Associados(as)

 

Temos o prazer de informar que a Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as passa a atuar como Amigo da Corte (Amicus Curiae), em parceria com a Adami Advogados Associados, representada pelo pesquisador Dr. Humberto Adami Santos Júnior.

 

Tal contribuição busca fornecer estudos (artigos de pesquisa e/ou análise de conjuntura), além de pareceres que subsidiem assessoramento técnico e científico no tocante aos impactos das decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a população negra em geral.

 

A fim de possibilitar nossa primeira participação nas decisões do STF, a ABPN abre chamada de contribuições a pesquisadores e pesquisadoras que queiram colaborar com a discussão sobre os autos da Ação Declaratória de Constitucionalidade (ADC) nº 54. Tendo como requerente o Partido Comunista do Brasil, a ação objetiva impedir liminarmente a execução provisória de pena privativa de liberdade sem que haja decisão condenatória transitada em julgado, além de tornar sem efeito as decisões judiciais que tenham determinado a prisão após condenação em segunda instância e a suspensão de verbetes sumulares, como a Súmula 122 do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que determina a prisão automática após a confirmação da sentença por um órgão colegiado.

 

Interessadas e interessados devem entrar em contato conosco por e-mail (contatoabpn@gmail.com) até o dia 17 de julho.  de 2018.

ABPN faz denúncia em razão da tragédia no Centro de Internação Provisória de Goiânia e o encarceramento em massa de jovens negro

Durante a realização da IV CONAPIR a ABPN, representada pelos seus membros Anna Canavrro Benite, Nicéa Amauro, Nelson Inocêncio e Ivanir Augusto, e o Enegrecer - Coletivo Nacional da Juventude Negra representado por Dandara Tonatzin, manifestaram solidariedade às dez famílias que tiveram seus adolescentes vitimados na tragédia do Centro de Internação Provisória (7° Batalhão da PM-GO), no dia 25 de maio de 2018, em especial às mães que perderam seus filhos .  Eles eram adolescentes sob custódia do Estado, deveriam estar sendo bem cuidados e ter acesso ao seu direito de se ressocializar.

Vidas Negras Importam! 

Nota Oficial da ABPN sobre as denúncias de assédio moral, assédio sexual e estupro na UDESC

A Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as - ABPN, diante das graves denuncias de desrespeito, agressões a mulheres, envolvendo um de seus membros, assim se manifesta.


A ABPN é uma associação civil, sem fins lucrativos, filantrópica, assistencial, cultural, científica e independente, tendo por finalidade o ensino, pesquisa e extensão acadêmico-científica sobre temas de interesse das populações negras do Brasil. Que tem por objetivos:


I - Congregar os Pesquisadores/as Negros/as Brasileiros/as;


II - Congregar os Pesquisadores/as que trabalham com temas de interesse direto das populações negras no Brasil;


III - Assistir e defender os interesses da ABPN e dos sócios, perante os poderes públicos em geral ou entidades autárquicas;


IV - Promover conferências, reuniões, cursos e debates no interesse da pesquisa sobre temas de interesse direto das populações negras no Brasil;


V - Possibilitar publicações de teses, dissertações, artigos, revistas de interesse direto das populações negras no Brasil;


VI - Manter intercâmbio com associações congêneres do país e do exterior;


VII - Defender e zelar pela manutenção da Pesquisa com financiamento Público e dos Institutos de Pesquisa em Geral, propondo medidas para seu aprimoramento, fortalecimento e consolidação;


VIII - Propor medidas para a política de ciência e tecnologia do País.


E assim tem seguido durante os seus 18 anos de existência como associação científica. Informamos ainda que chegamos ao X Congresso Brasileiro de Pesquisadores/as Negras/os e com uma agenda científica instaurada realizando os cinco congressos regionais onde reunimos: na região Sul (350 pesquisadores/as), na região Nordeste (450 pesquisadores/as); na região centro oeste (200 pesquisadores/as); na região Norte (150 pesquisadores/as) e na região sudeste (300 pesquisadores/as) o que denota a extensão e comprometimento de suas inserções.


Dito isso, vimos aqui nos pronunciar sobre os inquéritos abertos para apurar as denúncias de assédio moral, sexual e estupro impetrado por estudantes da UDESC contra um dos integrantes desta mesma instituição, associado ABPN e colaborador.

Clique no botão abaixo e leia a carta na íntegra.

X Congresso Brasileiro de

Pesquisadores/as Negros/as

A Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as – ABPN, a Universidade Federal de Uberlândia – UFU e o Consórcio Nacional de Núcleos de Estudos Afro-brasileiros – CONEABs realizam entre os dias 12 e 17 de outubro de 2018 o X Congresso Nacional de Pesquisadores/as Negros/as. O evento acontece na Universidade Federal de Uberlândia – UFU e traz como tema a (Re) Existência Intelectual Negra e Ancestral.

O X COPENE objetiva constituir-se enquanto espaço de divulgação, circulação e promoção da

produção científica de pesquisadores/as negros/as e de estudiosos/as das temáticas vinculadas à população negra, sob a perspectiva do diálogo entre os povos africanos e da Diáspora, com vista aos debates e reflexões acerca da intelectualidade negra nos diferentes campos e áreas do conhecimento científico e do saber. O evento tem como público alvo professores/as, pesquisadores/as e estudantes de todas as regiões do País, bem como ativistas de movimentos sociais. Para mais informações, acesse o site oficial do evento.

Confira as fotos do II COPENE Sudesterealizado entre os dia 27 de Fevereiro a 02 de Março de 2018 no Campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, MG.

Campanha Cartografias ABPN 2000 – 2018

Neste ano a ABPN completa 18 anos de atividade e, para comemorar nossa maioridade, lançamos a Campanha Cartografias ABPN 2000 – 2018, em que contaremos um pouco sobre a trajetória de nossa Associação. Iniciamos a Campanha com o vídeo da Profa. Lídia Nunes Cunha que discorre sobre a realização do I Congresso Brasileiro de Pesquisadores Negros, realizado no ano de 2000 na Universidade Federal de Pernambuco, que deu origem a ABPN – Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as.

Assistam os vídeos e veja como nossa história começou.

Banco de Teses

Este espaço é destinado para todos/as os/as filiados/as da ABPN - Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as que tenham interesse em publicar suas teses.cCompartilhe seu conhecimento conosco!

Fale com a ABPN

A ABPN abre esse canal direto junto aos seus filiados/as. Caso queira sugerir melhorias, informar sobre eventos, notícias ou críticas,

entre em contato conosco.

Contribua para o fortalecimento de nossa Associação!

  • LinkedIn ícone social
  • White Instagram Icon

© Copyright 2023 by Elementary school. Proudly created with Wix.com

Contato

Endereço

Tel: 0XX34 3291-8945

Email: contatoabpn@gmail.com

Casa de Cultura Graça de Axé, localizado na Avenida Cesário Crescerá, 4187 - Bairro Pres. Rossevelt, 38401-119 - Uberlândia - Minas Gerais - Brasil