appetizer recipes

nasi goreng

kue kering

resep kue

jadwal kereta api

jadwal liga champion

cara menghilangkan bekas jerawat

jenis anjing

Últimas notícias

ONU e governo brasileiro iniciam planejamento da Década Internacional de Afrodescendentes

O Sistema das Nações Unidas no Brasil deu início desta segunda-feira, 2 de março. a Oficina de Planejamento Interagencial “Planejando a Década de Afrodescendentes 2015-2024”. O principal objetivo da Década Internacional de Afrodescendentes é promover o reconhecimento, a justiça e o desenvolvimento da população afrodescendente no mundo. A iniciativa foi proclamada pela resolução 68/237 da Assembleia Geral da ONU.

A abertura da oficina contou a participação do representante do PNUD e coordenador residente das Nações Unidas no Brasil, Jorge Chediek, e do secretário executivo da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR), Giovanni Harvey, que representou a ministra Nilma Lino Gomes.

O representante do PNUD salientou ainda que o IDH brasileiro melhorou 50% entre 1991 e 2013. “Este é outro país”, afirmou Chediek. Proporcionalmente, “o maior índice desse progresso afetou positivamente a população negra”. No entanto, ele reforçou que persistem desigualdades raciais, étnicas e de gênero: “Mulheres negras recebem, em média, 50% da remuneração das mulheres brancas. Elas correspondem por quase 70% das famílias com renda de até 1 salário mínimo”.

Chediek ressaltou também que “a ONU não aceita nem tolera racismo” e apresentou três objetivos da organização para cooperar com o planejando da Década de Afrodescendentes: “Reforçar a adoção de medidas de repercussão nacional, regional e internacional para que os e as afrodescendentes desfrutem em plenitude dos seus direitos econômicos, sociais, culturais e políticos; promover um maior conhecimento a respeito da diversidade da raça e das culturas afrodescendentes; aprovar e fortalecer marcos jurídicos nacionais, regionais e internacionais para a eliminação de todas as formas de discriminação racial”.

Harvey, em seu discurso de abertura, destacou os aspectos conjunturais do ministério e explicou que o planejamento estratégico adotado pela SEPPIR é de longo prazo, até 2030, e por isso o planejamento do órgão considera que “a política de prioridade racial não pode ficar refém de partidos políticos e de forças políticas que estejam circunstancialmente no poder”.

O evento segue com sua programação nesta terça-feira, 3 de março, e terá ainda painéis e palestras que promovem a discussão da construção de uma agenda conjunta para a Década de Afrodescendentes. A iniciativa espera que a ONU, governos, sociedade civil e setor privado atuem na promoção dos direitos humanos da população negra, com a promoção da igualdade racial e a eliminação do racismo.

Inscrições abertas para 486 vagas de especialização gratuita a distância

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) está com inscrições abertas para vários cursos de pós-graduação a distância. Ao todo são 486 vagas de especialização - Latu Sensu que podem ser pleiteadas por pessoas com graduação completa em curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). As inscrições já estão abertas e seguem até o da 5 de março de 2015 às 18h.

Há oportunidades para os seguintes cursos: Estudos Linguísticos e Literários; Gestão e Educação Ambiental;Especialização em Biodiversidade e Conservação; Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS; Ensino de Sociologia no Ensino Médio; Educação Infantil: Infância e Instituição Escolar; Ensino de Matemática no Ensino Médio; Língua Espanhola; Ensino de Filosofia no Ensino Médio; Gestão Pública e Gestão Pública Municipal; Gestão Educacional; Cultura Afro-Brasileira e Africana; Língua Portuguesa e História.

Como se inscrever 

Estudantes com graduação completa e que tiverem interesse em concorrer a uma das mais de 400 vagas devem entrar no site: http://siteead.uespi.br/ até às 18 horas do dia 5 de março. Além disso, é necessário entregar alguns documentos em um dos mais de 20 polos, no qual a pessoa queira concorrer a uma vaga. Dentre eles estão: cópia do comprovante de quitação com o serviço militar; cópia do RG; cópia do CPF; cópia do diploma de graduação, entre outros. A lista completa de documentos deve ser colocada em envelope lacrado e devidamente identificado. Caso a documentação não esteja completa o candidato será eliminado da seleção. Para poder ocupar uma das vagas, além de ser aprovado na seleção, é preciso ter terminado a graduação e ser brasileiro ou ter visto permanente no Brasil. A seleção será feita através da análise do currículo entregue e dos documentos. O currículo deve seguir o modelo do edital.

No dia 19 de março serão divulgadas as inscrições deferidas na especialização gratuita a distância. O resultado da análise do currículo será divulgado no dia 25 e a lista final de aprovados no dia 31 de março de 2015. No dia 6 de abril a matrícula será realizada e as aulas começarão em seguida. 

Maiores informações diretamente no site em que é realizada a inscrição: http://siteead.uespi.br/

Lançamento da Revista ABPN - vol.7 n.15 nov.2014 - fev.2015

 

Prezadas(os) Leitoras(es),

Apresentamos o novo número da revista da ABPN, Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as), que tem primado pela busca de padrões de qualidade em suas produções.

Agradecemos aos colaboradores – pareceristas, autores, tradutores, editores, Conselho Editorial, Conselho Consultivo, Diretoria e demais membros da equipe e parceiros –, que possibilitaram a publicação deste número, e por tornarem factível sua continuidade, como também a cada pesquisador(a) que, direta ou indiretamente, investiu para que nos mantivéssemos em atividade.

Para acessar o número atual da Revista da ABPN, clique aqui.


Nossos agradecimentos a todas e a todos!
Equipe Editorial

Exposição multimídia “Afrolatinas” no Museu Nacional em Brasília

 

A exposição Afrolatinas recebe os visitantes com cem fotografias. Imagens que captaram importantes momentos que marcaram a história e toda a trajetória deste que se tornou o maior Festival de mulher negras da América Latina. Outro ambiente vai apresentar vinte vídeo-depoimentos de mulheres negras, que compuseram as mesas dos diversos painéis, conferências, oficinas e debates realizados ao longo das sete edições do Latinidades.

Estes vídeos e fotos compõem o acervo coletado através das lentes de um time sensível de fotógrafas e de camerawomen. Profissionais que capturaram o clima descontraído dos shows e dos espaços de convivência, bem como dos momentos de intensos debates e de enriquecedoras discussões com extenso conteúdo formativo. Registros que trazem imagens e vozes de mulheres negras vindas todos os estados brasileiros e também da Inglaterra, Estados Unidos, Colômbia, Cuba, Equador, Nicarágua, Costa Rica, Guadalupe, Nigéria e Moçambique.

A exposição, com abertura agendada para o dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher, tem como proposta colocar em primeiro plano e dar visibilidade à luta das mulheres negras, que representam 25% da população brasileira, segundo a PNAD. Afrolatinas foi concebida por Jaqueline Fernandes, com curadoria, produção e tratamento de imagens por Chaia Dechen e montagem de Lina Lopes, a exposição foi viabilizada pelo Prêmio Afro 2014, realizado pelo Cadon, Petrobras e Fundação Cultural Palmares.

Serviço:

Exposição: AFROLATINAS
Local: Museu Nacional (Complexo Cultural da República)
Período: De 08 a 28 de março de 2015.
Dias e horário: De terça a domingo, das 9h às 18h30.
Entrada: Franca.

Classificação indicativa: Livre para todos os públicos.

Informações: www.latinidades.com

Novo curso de graduação "Estudos Africanos e afro-brasileiros" será implantado na UFMA

Foto Novo curso de graduação, "Estudos Africanos e afro-brasileiros" será implantado na UFMA

A Universidade Federal do Maranhão vai oferecer, a partir do próximo semestre, no Campus de São Luís o curso de graduação Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-brasileiros, o primeiro no país. Já neste semestre fará seletivo especial para o preenchimento de 40 vagas no turno noturno. A partir do próximo semestre será mais uma das opções de graduações a serem ofertadas por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Segundo o professor Carlos Benedito Rodrigues da Silva, a proposta do curso resulta de uma discussão da obrigatoriedade do ensino de história e cultura africana no sistema educacional brasileiro. “Nós nos deparamos, ao longo deste processo, tanto com uma certa resistência na aplicação da lei quanto com uma argumentação de que  não existem pessoas qualificadas para trabalhar com estes conteúdos. Por isso, foram feitos através dos núcleos de estudos afro-brasileiros de várias universidades do país alguns cursos de formação a nível de especialização, curso a distância, mas que ainda não preenchem esta lacuna”, afirma.

Carlos Benedito diz ainda que, além de ser a primeira licenciatura presencial no Brasil que aborda esta temática, no cenário maranhense sua implantação se torna ainda mais importante pelo processo histórico do Estado. “O Maranhão é o terceiro estado brasileiro com percentual de população negra, de uma diversidade cultural muito grande herdada do continente africano, como do ponto de vista da religiosidade, da musicalidade, entre outros”, aponta.

O processo seletivo para os candidatos que desejarem concorrer a uma vaga será realizado em uma única fase, por meio de uma prova objetiva contendo 40 questões. O conteúdo programático é o mesmo utilizado no ENEM. Poderão candidatar-se todos que possuam certificado de conclusão de ensino médio ou equivalente, até a data de realização da matrícula.

As vagas serão distribuídas em três categorias: ampla concorrência, pessoa com deficiência e escola pública. A inscrição será efetuada somente via Internet, no período de 02 a 16 de março de 2015, com os procedimentos seguintes: acessar o endereço eletrônico concursos.ufma.br e preencher o requerimento, depois o candidato deverá Imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) até o dia 17 de março próximo, em qualquer estabelecimento bancário.

A divulgação do deferimento de inscrição do candidato estará disponível no endereço eletrônico concursos.ufma.br, a partir do dia 25 de março. As provas terão início às 9h do dia 19 de abril, com duração de 4 horas, em horário e local a ser divulgado posteriormente no portal da Universidade, a partir do dia 6 de abril.

Para mais informações confira o edital.

Copene

Saiba mais sobre os eventos do COPENE.

 

Leia mais...

NEAB

A rede nacional de NEABs ou chamada Consórcio de NEABs e a ABPN sugiram da mesma conjuntura histórica,

Leia mais...

Catálogos

Conheça os catálogos da ABPN organizados em produções acerca da temática

Leia mais...

Relatórios