aneka kreasi olahan resep kue kering terbaru untuk lebaran seperti kue kering coklat,kue nastar dan resep cookies sederhana lainnya

Últimas notícias

MinC divulga vencedores

O Ministério da Cultura (MinC) e a Fundação Universitária José Bonifácio (FUJB), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), divulgaram no Diário Oficial da União da última sexta-feira, dia 19 de dezembro, a relação preliminar das propostas premiadas no edital Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude. Com o montante bruto de R$ 14 mil foram comtemplados 60 jovens entre 15 e 29 anos, que desenvolvem ações de comunicação para a cultura em suas comunidades. 

A lista preliminar com os 60 premiados foi escolhida pela Comissão Julgadora do edital, que se reuniu durante dois dias no Rio de Janeiro, entre 297 propostas habilitadas. Para o secretário de Políticas Culturais do MinC, Américo Córdula, um dos pontos altos do prêmio foi ter contemplado a diversidade cultural brasileira.

Sobre o Edital

O Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude tem o objetivo de reconhecer e incentivar ações de comunicação para a cultura protagonizadas por jovens e que dão visibilidade a expressões da cultura brasileira. Também busca fomentar iniciativas que, por meio de processos de comunicação popular, ampliem o exercício dos direitos à liberdade de expressão cultural e à comunicação. Serão premiados 10 jovens entre 15 e 17 anos; 25, entre 18 e 24 anos; e 25, entre 25 e 29 anos.

São consideradas ações de comunicação para a cultura atividades que articulem cultura e comunicação e outras áreas do conhecimento (ou uma combinação dessas iniciativas), realizadas sem financiamento direto e subordinação editorial a empresas de comunicação, e que agreguem e priorizem ações colaborativas e participativas, interatividade e atuação em rede na produção e difusão de conteúdos, preferencialmente em formato livre, por meio de diferentes suportes de mídia (áudio, imagem, texto, vídeo e multimídia).

 

 

 

Fundação Cultural Palmares divulga resultados da gestão 2011/2014

 

     A Fundação Cultural Palmares (FCP), instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), apresentou na última quarta-feira, dia 17 de dezembro, o balanço de gestão referente ao período de 2011 a 2014. Entre as principais ações estão o investimento de R$ 37 milhões em editais afirmativos voltados ao público afro-brasileiro, a construção do Plano Setorial para a Cultura Afro-Brasileira, atualmente em andamento, e as articulações para construção do Museu da Cultura e Memória Afro-Brasileira, em Brasília (DF), que receberá investimentos de R$ 8 milhões em 2015.

 

     Além disso, o início da construção do Sistema Palmares de Informação, que reunirá informações sobre manifestações culturais negras divididas por município, e a certificação de 522 comunidades quilombolas apenas em 2013 e 2014, totalizando 2.431 em todo o país, são outras ações da FCP. No evento, também foi entregue a reforma do Parque Memorial Quilombo dos Palmares, em União dos Palmares (AL). O parque é situado no mesmo local onde ficava originalmente o histórico quilombo.

 

     Entre os editais afirmativos lançados pela FCP em 2014, estão o Prêmio de Culturas Afro-Brasileiras, em parceria com a Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC) do MinC, e o 3° Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-Brasileiras, em parceria com o Centro de Apoio ao Desenvolvimento Osvaldo dos Santos e Neves (Cadon). Nos dois editais, serão investidos cerca de R$ 4 milhões.

 

 

USP oferece curso grátis sobre Visões do Brasil do Século XIX

A Univesp TV disponibiliza curso grátis online sobre Visões do Brasil. É voltado a graduandos e pós-graduandos interessados nas áreas de artes plásticas, artes visuais, história, design, arquitetura, fotografia, ciências humanas e assuntos semelhantes. Além disso, o curso também é aberto a todos com formação superior em qualquer área do conhecimento. O “Visões do Brasil – Século XIX” é apresentado gratuitamente, em forma de videoaulas online. Há ainda a possibilidade de fazer anotações sobre opiniões e dúvidas enquanto assiste o vídeo, e receberá tudo em seu e-mail, posteriormente.

 São 08 videoaulas do ciclo de conferências “Artes Visuais no Brasil do século XIX”, realizadas pelo Instituto de Estudos Brasileiros da USP em outubro e novembro de 2010 e ministradas cada uma por um docente diferente. Na primeira aula do curso, por exemplo, a historiadora Lilia Schwarcz traça um retrato singular do pintor francês Nicolas-Antoine Taunay. Nos cinco anos que passou no Brasil a partir de 1816 ele produziu cerca de 30 telas, e em quase todas elas representou a natureza e a escravidão. Taunay representava os escravos brasileiros como pequenas figuras, sempre no primeiro plano das telas, e sempre ocupados com alguma tarefa. O curso não possui certificação, pois são apenas aulas para complementação de estudos e pesquisas. É só acessar o site e começar a estudar.

Univesp TV

A Univesp TV é o canal de comunicação da Universidade Virtual do Estado de São Paulo, a quarta universidade pública paulista e visa ao incentivo à formação integral do cidadão.

Para conhecer o conteúdo programático e acessar o curso, clique aqui

Divulgado resultado do Prêmio de Culturas Afro-brasileiras

No Diário Oficial da União (DOU) foi publicado, nesta quinta-feira, dia 18 de dezembro, o resultado final do Prêmio de Culturas Afro-Brasileiras. O Prêmio é realizado pela Fundação Cultural Palmares (FCP - MinC), em parceria com a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura. 

O objetivo da premiação inédita foi investir nas expressões culturais nas áreas de literatura, música, artes plásticas e ciências, que sejam desenvolvidas por comunidades quilombolas e tradicionais de matriz africana. De todos os inscritos, foram beneficiados 60 projetos, com benefício de R$ 2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais) em parceria com a Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do MinC. As 20 primeiras iniciativas de cada categoria serão premiadas, inicialmente. Na ocasião, a FCP expedirá o ofício solicitando documentação complementar. 

Clique aqui  acesse o resultado e todas as etapas.

Secretaria da Cultura credencia para o "Carnaval Ouro Negro 2015"

Entidades carnavalescas de matriz africana e tradicional  podem se inscrever para o projeto ‘Carnaval Ouro Negro 2015’. O edital foi divulgado pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) na edição do último final de semana, 13 e 14 de dezembro, do Diário Oficial do Estado. As entidades podem se inscrever até esta quarta-feira, dia 17 de dezembro. 

Realizado pela Secult desde 2008, o projeto apoia os carnavais culturais  nas categorias blocos afros, afoxés, blocos de samba, blocos de reggae e de índio. No Carnaval 2014, o projeto Ouro Negro contemplou 104 entidades. O valor de apoio varia entre R$ 15 mil e R$ 130 mil, a depender da categoria e pontuação. Todos os critérios de avaliação estão expostos no edital. Blocos que desejam participar, pela primeira vez, devem comprovar desfile nos circuitos carnavalescos nos últimos três anos.

Para efetuar a inscrição, as entidades interessadas devem entregar a documentação completa exigida no edital e o formulário de inscrição, disponível no site da Secult, preenchido pelo representante legal, em envelope lacrado e identificado, via Sedex, ou protocolado diretamente na Secretaria de Cultura, no endereço - Secretaria de Cultura do Estado da Bahia - Comissão Permanente de Credenciamento, Programa Ouro Negro, Palácio Rio Branco, Praça Thomé de Souza, s/n – Centro, CEP 40.020-010 – Salvador, Bahia.

Copene

Saiba mais sobre os eventos do COPENE.

 

Leia mais...

NEAB

A rede nacional de NEABs ou chamada Consórcio de NEABs e a ABPN sugiram da mesma conjuntura histórica,

Leia mais...

Catálogos

Conheça os catálogos da ABPN organizados em produções acerca da temática

Leia mais...

Relatórios