Últimas notícias

UNIPAMPA JAGUARÃO LANÇA SEU NEABI

“Em alusão ao Mês da Consciência Negra, no dia 17 de novembro a Direção do Campus Jaguarão lançou o Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas, denominado NEABI UNIPAMPA/Jaguarão, na presença do Reitor Marco Antônio Hansen.

 Durante a apresentação do NEABI Local, realizada pelas Profa. Dra. Sátira Machado do Curso de Produção e Política Cultural e Profa. Dra. Simone Alves do Curso de Pedagogia, o reitor destacou: “A Unipampa é uma instituição inclusiva e os NEABIs abrirão novas portas para parcerias no âmbito das ações afirmativas”.

 O NEAB do Campus de Uruguaiana, criado em 2010 e coordenado pela Profª. Drª Marta Iris Camargo Messias da Silveira foi o pioneiro em desenvolver ações de promoção da diversidade étnico-racial, de valorização das histórias e cultura afro-brasileiras e indígenas, fortalecendo as ações afirmativas na Unipampa.

 Em julho de 2016, por iniciativa do então Pró-Reitor Adjunto de Assuntos Estudantis e Comunitários, Prof. Dr. Cristóvão Domingos de Almeida, em diálogo com a Comissão Especial de Estudos sobre “História e Cultura Afro-brasileira e Indígena” (HiCABI), foi encaminhado ao Consuni o Regulamento para a criação de novos NEABIs no multicampi da Instituição.

 Com parecer favorável da conselheira Profa. Dra. Ana Cristina da Silva Rodrigues, diretora do campus Jaguarão, o regulamento foi aprovado em 31 de outubro do corrente, incluindo a criação do Fórum NEABI/UNIPAMPA. Esse Fórum será responsável pela integração dos 10 (dez) NEABIs da Instituição e pelo diálogo permanente com a Coordenadoria de Ações Afirmativas - CAF da Reitoria da Unipampa, coordenada pela Profa. Dra. Fabiana Missau.

 Um dos principais objetivos dos NEABIs é a promoção de atividades de ensino, de pesquisa e de extensão voltadas às temáticas da história e da cultura africana, afro-brasileira e indígena. Também objetiva subsidiar políticas públicas de promoção da cidadania de todos brasileiros, como forma de contribuir para a superação da desigualdade étnico-racial e social.

 Os NEABIs serão compostos por servidores e discentes da UNIPAMPA identificados com os objetivos do Núcleo, sendo eles afrodescendentes, indígenas ou de diversas etnias. A composição inclui, ainda, integrantes das comunidades do entorno dos campus e membros do Movimento Social Negro e Indígena."

 

IX COPENE | NOTA DE ESCLARECIMENTO – 03.12.2016

Colegas pesquisadores e pesquisadoras,

Devido a uma falha no nosso sistema de eventos, os inscritos receberam indevidamente uma “carta de aceite” dos trabalhos apresentados e não um “aviso de recebimento".  Informamos que os trabalhos aprovados e suas respectivas cartas de aceite serão enviados até dia 09.12.2016.

Lamentamos o transtorno.
Atenciosamente,

Equipe de organização IX COPENE

APRESENTAÇÃO DA CHAPA DANDARA

 

Presidente: Anna M. Canavarro Benite

É doutora e mestre em ciências, licenciada em química pela universidade federal do Rio de Janeiro. Atua na área de ensino de química pela universidade federal de Goiás com foco em cultura e história africana no ensino de ciências, ensino de ciências de matriz africana e da diáspora, cibercultura na educação inclusiva, políticas de ações afirmativas, ensino de ciências e relações raciais e feminismos negros. É coordenadora do Laboratório de Pesquisas em Educação Química e Inclusão (LPEQI) http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/1381641079113209 e fundadora do Coletivo CIATA, grupo de Estudos sobre a Descolonização do Currículo de Ciências que atualmente está desenvolvendo o projeto Investiga Menina https://www.facebook.com/investigamenina/. Representante do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado de Goiás e ativista do Grupo de Mulheres Negras Dandara no Cerrado. Coordena a Rede Goiana Interdisciplinar de Pesquisas em Educação Inclusiva - RPEI. Membro da Associação Brasileira de Pesquisa em Ensino de Ciências e da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros. Assessora da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás. 

Secretária Executiva: Alessandra Pio Silva

É Doutoranda e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro com interesses em pesquisas acerca de identidade e educação da população negra; feminismos negros; avaliação e avaliação institucional; políticas de ações afirmativas. É Pedagoga especialista em Educação e Relações Raciais com aperfeiçoamento em Teoria e Questões Políticas da Diáspora Africana nas América e Relações Raciais e Educação. Professora licenciada da SME/Duque de Caxias e Técnica em Assuntos Educacionais. Pedagoga do Colégio Pedro II no Rio de Janeiro e primeira coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros (NEAB). Instituiu o Grupo de Estudos, Pesquisas e Ações sobre Racismo e Relações étnico-raciais e Indígenas (GEPARREI) http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/9208515248333931 e o Circuito Cultural Afro-Brasileiro do Colégio Pedro II. Proponente e coordenadora de GT’s sobre Relações Raciais na Educação Básica no COPENE e outros eventos acadêmico-científicos.

 

Diretora de Relações Institucionais: Fernanda Souza de Bairros

É Nutricionista e Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Doutora em Epidemiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com período de Doutorado Sanduíche na Agência de Salut Pública de Barcelona, Espanha. Pós-doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade do Vale do Rio do Sinos. Atualmente é Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando no Curso de Bacharelado em Saúde Coletiva e no Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva. Atua também como pesquisadora colaboradora no Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Desenvolve ensino, pesquisa e extensão principalmente nos seguintes temas: iniquidades em saúde, raça/cor, gênero e segurança alimentar e nutricional.

 

Diretora de Relações Internacionais: Ana Beatriz Sousa Gomes

É Pedagoga pela Universidade Federal do Piauí, Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Educação atuando principalmente com Educação das Relações Étnico Raciais, Formação de Professores, Legislação da Educação, Movimentos Sociais e Educação e Ensino a Distância. Atualmente é professora da Universidade Federal do Piauí, Departamento de Fundamentos da Educação, Diretora no Centro de Ciências da Educação, coordenadora do IFARADÁ - Núcleo de pesquisa sobre africanidades e afrodescendência da UFPI e Coordenadora dos Cursos de Aperfeiçoamento e de Especialização do Programa Rede de Educação para a Diversidade/SECADI/MEC no Centro de Educação Aberta e a Distância da UFPI.

 Direção das Áreas Acadêmicas: Raquel Amorim dos Santos

É Pedagoga pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Doutora e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Pará, onde é Professora Adjunta A. Atua principalmente em temas como: Política Curricular, Currículo, Formação de Professores, Relações Étnico-Raciais, Teoria das Representações Sociais e Análise do Ciclo de Políticas. É Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA/UFPA) http://nucleogeraufpa.blogspot.com.br/. Associada a ANPED - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação, ANPAE - Associação Nacional de Política e Administração da Educação e ABPN - Associação Brasileira de Pesquisadores Negros. 

Visando dar continuidade a projetos em andamento e planejar novas ações a Chapa Dandaras – Biênio 2016/2018 – apresenta sua proposta de plano de ações:

1) Fortalecer o elo com as diferentes representações do Movimento Social;

2) Investir na Regionalização desta Associação;

3) Promover ações multidisciplinares e/ou interdisciplinares na formação

de pesquisadores e na produção de conhecimento;

4) Endossar a discussão sobre ações afirmativas;

5) Transparência financeira;

6) Internacionalização da ABPN;

 

VOTAÇÃO

1. A votação será nos dias 07 e 08 de dezembro de 2016.

2. Apenas por meio eletrônico na página da ABPN http://www.abpn.org.br na área restrita do associado quite com a anuidade de 2016.

3. O resultado será disponibilizado na página da associação no dia 09 de dezembro. E a diretoria eleita será empossada pela Comissão Eleitoral designada sob a portaria nº. 001/2016, após a proclamação do resultado das eleições.

 

Entre em contato com as candidatas através das redes sociais:

WebSite: https://chapadandarasabpn.blogspot.com

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Facebook: @chapadandaras

Watsapp: (034) 9898-6535

 

 

 

DIÁLOGOS ETHOS


Exibindo image001.jpg

 

Diálogos Ethos – Desafios contemporâneos: empresas, mobilidade urbana e direitos humanos. 

Dia – 7 de dezembro - Horário – 8h30 às 18h30 - Local - Rua Ferreira de Araújo, 741,  Pinheiros - São Paulo. 

Resumo do evento: O evento será dividido em dois momentos:

Pela manhã – discussão sobre Mobilidade Urbana, com apoio do parceiro Instituto Friedrich Naumann, que traz especialistas da Universidade Técnica de Berlim e da Associação de Empresas de Transporte Público da Alemanha para compartilhar suas experiências em mobilidade urbana. No dia, teremos também as participações do Daniel Mangabeira,diretor de políticas públicas da UBER,Clarisse Cunha Linke,diretora executiva do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP), Luanda Nera, coordenadora de comunicação da Rede Nossa São Paulo e Ricardo Corrêa,sócio fundador da TC Urbes. O objetivo dos diálogos e das apresentações é identificar as oportunidades e os desafios para a promoção de mobilidade sustentável nas cidades. Nesta ocasião será lançado o “ForumMobi”, uma iniciativa do Instituto Ethos em parceria com o Instituto Friedrich Naumann que foca na mobilidade urbana sustentável.

 

Pela tarde, os painéis de Direitos Humanos celebram a semana de aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, com debates sobre equidade de gênero e raça, combate ao trabalho infantil e a diversidade nas empresas, os desafios e as oportunidades para empresas, governo e sociedade civil. 

Serão lançados: o “Guia Temático dos Indicadores Ethos – CEERT para Promoção da Equidade Racial” e a “Rede de Empresas pela Aprendizagem e Erradicação do Trabalho Infantil”,

À noite, o lançamento da Rede UNIETHOS, voltada para consultoria, com a missão de ajudar as empresas a desenvolver soluções que gerem valor para os negócios e para a sociedade, criando referências para os mercados, produzindo e disseminando conhecimentos inovadores.

Fontes:

Jorge Abrahão – presidente do Instituto Ethos;

Bernhard Gässl – diretor da Associação de Empresas de Transportes Públicos, Alemanha;

Daniel Mangabeira – diretor de políticas públicas da Uber;

Marcus Jeutner - pesquisador da Universidade Técnica de Berlim, Alemanha;

Cida Bento – diretora do Centro de Estudos e Relações de Trabalho e Desigualdade (CEERT);

Flávia Piovesan – Secretária de Direitos Humanos do Governo Federal.

 

 

Programa Visiting Scholar do Sul Global Fellowship

A Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de New South Wales, Sydney, Austrália está em busca de pesquisadores para participar do programa Visiting Scholar do Sul Global Fellowship (VSGSF). O VSGSF vai financiar um membro do corpo docente em tempo integral de uma universidade no Sul Global para participar na vida acadêmica da universidade por um período de seis meses. O pesquisador fará contribuições para o ensino nas áreas de sua especialização, melhorando a experiência de aprendizagem dos estudantes de graduação e pós-graduação. Este ainda irá juntar-se a um ambiente de pesquisa vibrante, apresentando trabalhos de pesquisa e reuniões com acadêmicos que compartilham interesses comuns de pesquisa. Espera-se que a relação desenvolvida durante a vigência da bolsa continue após o retorno do bolsista à sua universidade de origem, abrindo o caminho para a futura cooperação em iniciativas tais como experiências de aprendizagem internacionais e estágios valorizados pelos estudantes UNSW.

Para efeitos da irmandade, identificamos as instituições pertencentes ao Sul Global como caracterizado por uma falta de recursos que permitam a seus docentes a participar de intercâmbios internacionais. Académicos deverão ser empregados continuamente (tenured) em sua instituição de origem, tendo licença (tais como licença sabática) durante a duração da bolsa. A bolsa será constituída por:

·          Viagem de retorno (transferências de terra e tarifas)

·          Alojamento

·          Plano de saúde

·          A bolsa diária de AUD $ 124, 00

O primeiro VSGSF irá juntar-se UNSW para o período de seis meses entre 1 de Julho e 20 de dezembro de 2017.

Pré-requisitos do bolsista:

·          Ser um pesquisador com vinculo em uma universidade no "Sul Global” ';

·          Tem um histórico de resultados de pesquisa de alta qualidade e / ou evidência de investigação conducente o impacto social ou política;

·          Tem 3 + anos de experiência de ensino, quer à graduação e / ou pós-graduação;

·          Ter experiência em monitoria com sucesso e supervisionar estudantes de pesquisa;

·          Ser proficiente em ambas Inglês falado e escrito;

·          Ter um PhD em uma disciplina relevante.

 Inscrições perto: 31 de janeiro de 2017. Candidatos pré-selecionados serão convidados para uma entrevista Skype com o candidato notificado 28 de fevereiro.

Interessados devem enviar e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. :

·          Uma carta de apresentação

·          Curriculum Vitae / Resume

·          A proposta (1-3 páginas) descrevendo seus planos durante a comunhão nas áreas de pesquisa e ensino;

·          Uma declaração abordando sistematicamente os critérios de seleção disponíveis no link abaixo;

·          Uma carta de apoio do Chefe de Departamento ou Faculdade Dean apoiando a sua candidatura e confirmando que você pode tirar uma licença para o período especificado;

·      Uma breve declaração descrevendo por que você se qualifica como um pesquisador do "Sul Global". Para efeitos da inscrição, identificamos as instituições pertencentes ao Sul Global como caracterizado por uma falta de recursos para participar de intercâmbios internacionais.

Para mais informações acesse: https://socialsciences.arts.unsw.edu.au/research/research-initiatives/.  .

Informações sobre o acordo de cooperação pode ser direcionado para Dr Tanya Jakimow, Estudos de Desenvolvimento professor sênior, SOSS, Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

Copene

Saiba mais sobre os eventos do COPENE.

 

Leia mais...

NEAB

A rede nacional de NEABs ou chamada Consórcio de NEABs e a ABPN sugiram da mesma conjuntura histórica,

Leia mais...

Catálogos

Conheça os catálogos da ABPN organizados em produções acerca da temática

Leia mais...

Relatórios